National Kid

POR: Leonardo Lugarinho

Este livro possui leve conteúdo erótico.

Crítica

National Kid é o meu primeiro (e provavelmente, o único) artbook doujinshi. O livro mostra 7 tipos de garçonetes / maids, retratados do ponto de vista de Mario Kaneda (autor de Girls Bravo e Wild Pitch) e Yoko Imamura (não encontrei nada a respeito dela). Ao que parece, é um livro/portifólio deles antes da fama, já que o estilo do Kaneda está um pouco diferente do que é hoje em dia e na época de Girls Bravo, que foi seu primeiro sucesso comercial.

Como a grande maioria dos artbooks doujinshi, é bem pequeno (só tem 18 páginas, contando as capas). Como disse, são como eles representam diferentes tipos de maids, sendo que cada desenhista fica com um lado do livro, como mostra o scan abaixo, o lado do Mario Kaneda e outro da Yoko Imamura. O grande problema desse livro é: Quantas variações de maids ou garçonetes você consegue imaginar? Sério, pare e bote a sua mente acostumada com bizarrices como essas e tente imaginar isso. Aí é que tá, mesmo tendo apenas 7 modelos diferentes, parecem que um é a cópia do outro.

Eu gosto muito do estilo do Kaneda de desenhar, que faz garotas felizes sem caras de avoadas ou sonsas. Outra coisa que chama atenção no estilo dele é que suas garotas tem corpo, não só com muito peito e extremamente magras (o que é o padrão atual “garotas com problemas sérios de coluna”). Sobre a Yoko Imamura, ela faz alguma coisa meio padronizada, lembrando o estilo do Kaneda, mas um pouco mais magras e tentando fazer mais pose do que o necessário. Isso fica mais claro quando você tem mais uma ilustração muito semelhante do lado da outra, e finalmente percebe o porquê de eu saber o que o Kaneda publicou e não ter a menor idéia do que ela fez além disso. Não é que seja ruim, mas ela com certeza ficou na desvantagem de ter divido com alguém obviamente mais talentoso. Gostaria sinceramente de ver mais coisas dela, pois posso estar sendo um pouco injusto.

E é só. Na última página tem uma mensagem dos autores, e seus websites (nenhum dos dois funciona hoje em dia). Bem, com certeza não me senti enganado comprando esse livro, já que sabia do que se tratava antes de comprar. É legal ter algo antes da fama do Mario Kaneda, e vai que se valoriza no futuro e eu tenha algum lucro. Contando que eu só paguei um dólar por esse livro, não é muito difícil que isso aconteça.

 
criticas/national_kid.txt · Última modificação: 2014/08/01 17:41 (edição externa)
 
Recent changes RSS feed Creative Commons License Donate Powered by PHP Valid XHTML 1.0 Valid CSS Driven by DokuWiki