YAMATO NADESICO SHICHI HENGE

POR: Simone Litha (Aixha)

Crítica

Se você curte uma história gótica, com caixões na sala de visitas, assassinatos, Deusas da neve, sadomasoquismo, caveiras, explosões e piqueniques em cemitérios Perfect Girl Evolucion, foi feito para você; mas se o seu estilo é mais uma deliciosa comédia romântica, e garotos bonitos recheados de situações pra lá de divertidas então seu mangá é um só: Perfect Girl Evolucion, shoujo que já tem 20 volumes; ainda em andamento da mangaká Hayawa Tomoko.

Sunako Nakahara é uma garota, sem graça, charme, e com um grande complexo de feiúra, que adora escuridão, filmes de terror, cadáveres e pior que tudo, ela é tenebrosa, mete medo em todo mundo apenas com sua mera e sombria presença. E para Sunako a vida é perfeita e planeja viver assim nas trevas para sempre. Ela só planeja, pois sua bela tia dona de uma imensa mansão próximo a nova escola de Sunako tem suas próprias idéias de como deve ser sua sobrinha.

Sua tia resolve alugar os quartos da mansão a quatro belos rapazes – como um favor aos pais destes para que eles cresçam e aprendam a se virar sem a grana dos pais.

Belos e mimados, mas a tia bonitona tem um plano para que os garotos não sofram para pagar as contas: Tornar sua amada, apagada e selvagem sobrinha em uma verdadeira dama refinada, em troca terão a estadia gratuita.

Claro que ela deve ser um monstro de feia, é só ficar mais arrumada e saber se comportar pensam os belos. O pior é que eles não estão longe da verdade. Sunako usa qualquer coisa, e não tá nem ai com a própria aparência, tem cravos, espinhas, buço, sobrancelhas grossas e quase juntas, olheiras profundas e pretas de dormir pouco e palidez extrema por detestar o sol, e pior que tudo: não tem a menor intenção de mudar ou cooperar com eles. Só concordou em morar na mansão porque fica perto da sua escola nova e irá substituir a tia nas tarefas de casa, já que esta não tem tempo para tais coisas – ocupa-se em casar e descasar com homens ricos ao longo dos 20 volumes!- e adora viajar pelo mundo. Mas os garotos têm seus planos para fazer Sunako cooperar. O que não quer dizer que vai ser fácil.

Yukishijo Toyama, o Yuki é o garoto bonito bishounen, da turma, de família de classe média, teve ajuda da família toda para vir para a cidade e morar na mansão e suas roupas são de segunda mão, tem um forte senso de beleza e estética, ele é o fofo e o andrógeno da turma, vive chorando com medo das coisas de Sunako ou mesmo dela, seu sonho é deixar de ser confundido com uma garota, tem uma namorada que o adora porque ele é assim, o que não deixa de ser estranho; é enérgico e às vezes chama os outros três amigos de “príncipes” se dá muito bem com o galinha Ranmaru Morii, o Morii, um verdadeiro destruidor de lares – adora mulheres casadas- e tem umas cem namoradas, lutador de kendô é de família muito rica, mas viver sem dinheiro não é problema para ele, uma mera saída de casa e consegue roupas, sapatos, cds, dvds, jóias, perfumes, e comida, sempre tem uma das suas namoradas por perto. O detalhe é que ele não pede nada, elas oferecem tudo. Embora seja insensível com todas as garotas, acaba aparecendo uma que o faz balançar e é a única de quem ele quer distancia: sua noiva escolhida pela família, e olha que ele a faz chorar aparecendo com namoradas na frente dela ou até armando situações para terminar o noivado, só que ele não pode terminar o noivado, ela sim, mas pode-se dizer que sua noiva não é tão fraca assim e será um páreo duro. Ele se dá as mil maravilha com Yuki e se fosse outro tipo de mangá não tenho duvidas que eles formariam um casal. Alias Yuki é o querido de todos.

Takenaga Oda, é o terceiro belo de PGE, Oda é intelectual, desligado das pessoas a sua volta, algo mordaz e adora por o dedo na ferida de todo mundo, seu alvo favorito é Takano, que estranhamente o obedece, escuta e o considera um amigo são muito próximos, ele tem um forte senso de justiça, é bom com finanças e vem de família tão rica quanto Morii só que mais tradicional, ele também pratica kendô é tem habilidades em Ikebana, tem uma namorada meio que imposta – por ela mesma, rs- que é muito linda e do tipo decidida, que considera Takano seu rival. Pode-se dizer que Oda é o mais realista dos quatro.

E por fim Takano Kyohei, o herói bonitão, presidente do grêmio estudantil, um lutador muito forte, egoísta e… estúpido. Ele é o homem dos sonhos de todos – sejam homens ou mulheres - mas de boca fechada porque quando ele abre, só sai ofensas, ele é mal e detesta todas as pessoas que ficam atrás dele só porque é bonito, na verdade ele é mais insensível do que mal e para ele o fato de deixar de receber dinheiro dos pais é um verdadeiro pesadelo, pois se há algo que Takano ama é dinheiro. E ter que perder uma estadia grátis é a morte para ele. A solução brilhante dele para falar que estão ajudando Sunako é amarra-la e esconde-la da vista de todos – e ele faz acreditem – e carrega-la pra todo lado como se fosse um saco de batatas.

Cenário e vitimas, digo, personagens, apresentados começa a história. Não de forma linear com Takano, Oda, Yuki e Morii tentando a todo custo tornar Sunako uma dama, mas de forma mais doida possível. O cotidiano deles não é só a escola, vão a festas, compras, viagens e para casa como pessoas comuns – embora eles não sejam comuns de modo algum.

Para Sunako seus companheiros de casa são um inconveniente. Para ela não tem porque ser bonita, e cansa muito ficar se preocupando com a aparência em prol das expectativas de outras pessoas, para ela Deus criou três classes de humanos: “as pessoas comuns, as pessoas brilhantes” e uma pequena parcela de “pessoas como ela”. Mas o legal é que ela não é depressiva , e até aceita um creme para suas espinhas e usa roupas novas desde que sejam pretas, e se alguem lhe prometer um bom filme de terror cheio de cenas sangrentas e sem cortes ela pode ate sorrir, o que acaba dando mais medo, como o sorriso de um psicopata escondendo um facão nas costas. E mesmo detestando “essa coisa de romance” ela até ajuda Aie, e a noiva de Morri, e mais quatro garotas muito feinhas que são apaixonadas pelos garotos em troca de bonequinhos de caveira, forçando eles aos encontros até amarrados e debaixo de socos e pontapés – o divertido e que no fim da fantasia é ela quem vira a “heroína das garotas”.

Não importa o que façam – amarrando Sunako para conseguir - das sobrancelhas bem definidas, e do rosto lisinho, Sunako nunca deixa de provocar medo, sua aura é tão escura que as flores morrem a sua simples passagem e a maioria das pessoas pensa que ela é um fantasma e saem correndo gritando, o que é hilário porque ela nem se dá conta, e o fato dela andar com os “seres brilhantes” como ela chama, Oda, Morii, Yuki e Takano, é visto como um mau agouro por parte dos fãs clubes deles. E na escola ninguém entende a relação que ela pode ter com eles.

Mas afinal porque Sunako é tão diferente das outras garotas? Será que existe uma garota que não quer namorar nem ficar bonita mesmo? Logo descobrem a verdade: Mesmo sempre gostando de coisas tenebrosas no ano anterior, Sunako havia se declarado a um garoto da sua escola mas ele disse que jamais sairia com “uma garota feia como ela”. Claro que isto revolta os “seres brilhantes”, mas ela diz que não liga – mas também não podem chamá-la de feia ou ela fica muito magoada o que quer dizer que ela não é de todo sincera.

Sunako não é uma beleza deslumbrante e oculta, é uma pessoa comum que tem uma beleza diferente da convencional e quando está em seu elemento, numa câmara de torturas – torturando vilões claro- com uma espada de samurai nas mãos se mostra realmente linda e tão “brilhante” como os 4 desejam. Ela não perdoa injustiça e como adora ossos e sangue não se preocupa em quebrar alguns, dos outros claro, e oportunidades para tanto não faltam já que eles sempre se envolvem em algum problema. Ela é exageradamente forte, adora Beetowen, mas só sabe tocar Chopin é boa nadadora mas detesta matemática, chega até a participar de um filme de terror – paródia de “ O Chamado” como a vilã é claro, e dá vida a uma festa de Halowen que é um dos episódios mais bem desenhados.

Embora só deseje ficar trancada em seu quarto Sunako é arrastada em viagens que por algum motivo estranho acabam com algo misterioso acontecendo. Nenhum capitulo é igual ao outro, e aos poucos descobrimos que Sunako é tão diferente que é até amiga de infância de uma Deusa da neve de verdade que congela a todos em quem toca – e que aproveita a visita da amiga e dos rapazes para tirar fotos deles e vender para comprar um barco de luxo.

Fazer Sunako ir onde desejam sem precisar ser amarrada ou que ela pare de bater em alguem nem sempre é fácil, mas logo descobrem o ponto fraco dela: Takano. É só ele olha-la de perto que ela desmaia, alias ela reclama o tempo todo que os “seres brilhantes” estão derretendo-a, na presença deles ela sente-se no deserto sem água ou sombra alguma e quando Takano a olha sedutor – o que ele faz raríssimas vezes e por razões egoístas – ela sempre desmaia depois de espirrar meio litro de sangue, alias todos a fazem desmaiar se ela olha-los muito tempo. Para recarregar suas baterias pela convivência forçada ela é capaz de dormir dois dias seguidos no seu caixão que fica no meio da sala – com Yuki chorando e dizendo o tempo todo “ que medo!,que medo!” abraçado a Morii, ou passar uma semana vendo filmes de terror do Jason e do Freed Kruguer. E os rapazes que moram de fome e na imundice enquanto isso.

O legal é que eles – e o leitor- percebe que não há nada errado com Sunako – fora seus gostos para passatempo. Ela fica mais bonita em seu elemento e embora seja difícil vê-la no escuro quando ela se mostra corajosa, Sunako sempre foi uma dama, mesmo que não saiba se maquiar, pentear o cabelo ou mesmo fazer um arranjo de flores, ela só precisa aceitar que faz parte da humanidade não de uma raça separada e ter coragem de enfrentar as pessoas sem meter medo delas ou congela-las de terror.

Há outros personagens ainda, alias muitos, em cada capitulo aparecem personagens novos para compor as diferentes e divertidas tramas, como Aie que acaba por aparecer bastante a partir do segundo volume, muito bonita e decidida ela é apaixonada por Oda e rival pela atenção dele com Takano – não entenda mal, mas tendo poucos amigos, ele é egoísta com os dele em especial com quem foi seu primeiro amigo sincero e detesta a pretensão de Aie que só por ser bonita julga-se com certos diretos, na opinião dele é claro. Ela deseja ocupar o lugar de Sunako na casa, embora não saiba fazer nada de fato. Sunako trocaria de lugar de bom grado, mas não pode sair já que fez um acordo com a tia, e nem uma bomba faria Takano aceitar Aie na mesma casa que ele, as agulhadas entre os dois são muito divertidas, e Oda sempre faz que ele não tem nada a ver com as brigas. Sunako não tem inveja de Aie, nem se sua beleza ou popularidade, para ela o fato de Aie ser bonita é normal e não tem porque ter ciúmes dela e acabam tornado-se amigas de verdade. Embora em seu próprio mundinho Sunako valoriza as suas poucas pessoas que gostam dela de fato, assim como a noiva “imposta” de Morii acaba se tornando sua amiga, embora esta seja mais tímida e medrosa, diferente da corajosa Aie, e mesmo encapuzada e com óculos de sol, Sunako curte as trapalhadas das duas.

Mas a grande questão permanece, conseguiram os “quatros cavaleiros da Luz” tornar Sunako uma dama convencional que ganhe a admiração de todos? E como se resolverão os problemas deles? Será que Morri deixará de lado sua vida de namorador e ficará com a doce noiva? Oda e Aie serão felizes mesmo sendo tão diferentes? Yuki realizará seu sonho de deixar de ser vestido de mulher a força ou de ser visto como tal aonde vá e conseguirá um amor? Sunako e Takano serão felizes sendo tão iguais e ao mesmo tempo tão diferentes?

Eu também não sei, mas uma coisa posso garantir: não há como não gostar de Perfect Girl Evolucion. A arte é um primor e o único senão para mim é que a autora gosta muito de utilizar a técnica de deixar os personagens como crianças – Chibi??- o que acaba se tornando um pouco cansativo, mas a trama é muito divertida e não tem como dizer que vai se saber o que vai acontecer a seguir.

Divirta-se!!

 
criticas/yamato_nadesico_shichi_henge.txt · Última modificação: 2014/08/01 17:41 (edição externa)
 
Recent changes RSS feed Creative Commons License Donate Powered by PHP Valid XHTML 1.0 Valid CSS Driven by DokuWiki